quinta-feira, 28 de junho de 2007

O LIVRO DE HORAS DO DUQUE DE BERRY

Os quadros apresentados a seguir fazem parte do Calendário das Riquíssimas Horas. Pintado entre 1412 e 1416, constitui a mais bela parte do manuscrito e, certamente, um dos mais belos tesouros da França. Esse livro de horas, hoje conservado no Musée Condé, em Chantilly (França). Cada quadro representa um mês do ano.

MÊS DE JANEIRO

O mês dos presentes de Ano Novo. Em certas famílias, não se celebrava o Natal — dava-se a cada ano um presente, chamado étrennes. Esta palavra remonta a um costume romano segundo o qual o patrão oferecia um subsídio anual a seus clientes. (do latim strena, em português resultou estréia.)

MÊS DE FEVEREIRO

O inverno numa aldeia de camponeses. Vemos os habitantes se aquecendo junto ao fogo, enquanto no segundo plano a vida cotidiana — corte da madeira, conduzir os animais à feira — segue seu curso.
MÊS DE MARÇO
Primeiros trabalhos agrícolas do ano, semeadura, lavra e outros. O castelo que se avista ao fundo é o de Lusignan, um dos preferidos do duque.
FONTE DAS IMAGENS:

Um comentário:

Maria Levy disse...

Por que algumas famílias nao celebravam o Natal?
Uma vez me lembro que recebi uns lentes hipermetropia muito lindos, e foi uma sorpresa agradável!