sexta-feira, 20 de abril de 2007

ALBABETO COPTA


A Língua Copta (do árabe Kobt) representa o último estado da antiga língua egípcia, acrescida de algumas palavras gregas e latinas. Era escrita, não em signos hieroglíficos, mas em letras gregas. O alfabeto copta compreende, para além das vinte e quatro letras gregas, sete signos provenientes do memótico (antiga escrita egípcia utlizada pelo povo), destinados a traduzir sons próprios da língua egípcia.A partir do séc. III d.C., a escrita copta era já usada correntemente. Desde a conquista do Egipto pelos árabes no séc. VII, o árabe ultrapassa, no uso popular, a língua copta, que se mantém até ao séc. XIX como língua litúrgica das igrejas e conventos.
A língua copta é uma mistura de dialetos, cheia de termos gregos e palavras orientais e escrita com o alfabeto grego e mais seis caracteres demóticos que indicam sons que o grego não possui. Era falada pelos cristãos na Grécia nos primeiros séculos da nossa era e nela foram conservadas várias traduções de textos sagrados. O copta tem estreita relação com a língua egípcia antiga e apresenta a vantagem de grafar as vogais. Foi isso que tornou possível a Champollion descobrir a pronúncia exata, ou pelo menos aproximada, de muitos nomes e vocábulos egípcios na Pedra da Roseta.


FONTE:

Um comentário:

killy disse...

gostei muito do blog e pode ser ke me de boa nota num trabalho para historia o alfabeto em copta mas nao percebo as letras abaixo do: B K C E NA ULTIMA COLUNA NAO PERCEBI NENHUMA.

obrigada na mesma... :-):-D

killy